Os veículos e pedestres já podem atravessar a BR-282, no acesso aos bairros do Calemba e do Pagará, em Santo Amaro da Imperatriz, por de baixo do tão sonhado viaduto, que era um antigo sonho e esta semana foi oficialmente transformado em realidade.
A luta por esta obra foi intensificada no ano de 2012, quando a rodovia chegou a ser fechada com apoio da Polícia Rodoviária. O então prefeito Edésio Justen, vereadores, então comandante da Polícia Militar, Cleres Steffens, comerciantes e moradores liderados pela Sra. Eliane neta do saudoso Zé Ventura levaram faixas e toda a sua indignação pelo descaso do Governo Federal com as muitas vidas que acabaram sendo ceifadas neste trecho ao longo dos anos.

No ano de 2014, o recurso foi enfim viabilizado, numa luta constante dos moradores, apoiados pelo prefeito à época Sandro Vidal, e seu aliado Rafael Elias (PR), que junto ao Deputado Federal Jorginho Mello (PR), com apoio do Superintendente do DNIT, Vissilar Preto, cargo indicado por Jorginho, enfim carimbaram o recurso de cerca de 6 milhões de reais para a construção do viaduto que permite que os carros fujam do tráfego perigoso e rápido da via principal da 282.
No último domingo, moradores inauguraram a obra com direito a uma churrascada no salão da igreja do Calemba.