A emenda do deputado estadual Marcos Vieira ao Projeto de Lei nº 0367.7/2016, que quitava a dívida da Companhia Hidrocaldas com o Governo do Estado foi aprovada, em Plenário, na tarde desta quarta-feira (12/07).
Com a aprovação, a prefeitura de Santo Amaro da Imperatriz, que tinha uma dívida de cerca de R$ 7 milhões está livre do pagamento e ainda terá a cessão definitiva de Caldas da Imperatriz.

“Assim, um dos pontos turísticos mais procurados da Grande Florianópolis, o complexo termal de Caldas de Imperatriz, em Santo Amaro da Imperatriz volta a ser dos santoamarenses”, discursou o deputado Marcos Vieira.
O complexo foi descoberto pelo Império no Século 19, e que chegou a receber o imperador Dom Pedro II e a imperatriz Teresa Cristina, em 1845, era, até a votação de ontem, de propriedade do Governo do Estado. “É uma reivindicação muito antiga dos moradores, pois uma riqueza natural desta, conhecida mundialmente, e que tem a segunda melhor água mineral do mundo deve pertencer a quem de direito, e assim apresentei a emenda e ela foi aprovada”, completou Marcos Vieira.

O deputado Marcos Vieira, cidadão honorário de Santo Amaro da Imperatriz desde 2008, havia anunciado este fato histórico em primeira mão, no dia 07/07/2017, em seu discurso, em uma sessão solene da Câmara de Vereadores de Santo Amaro da Imperatriz, realizada no Centro dos Idosos, em comemoração aos 59 anos de emancipação político-administrativo do município.
Para o prefeito Edésio Justen é um sonho concretizado. “Faz mais de 30 anos que este problema existe, e o deputado foi atrás e conseguiu esse perdão da dívida, assim Santo Amaro passa a ser a dona de Caldas oficialmente”, finalizou o prefeito.